A prática regular de exercícios físicos é uma das principais recomendações para melhorar a saúde vascular e diversas funções vitais de nosso organismo. Indo na direção contrária às boas práticas, 47% dos brasileiros não praticam atividade física na frequência mínima recomendada e 14% da população prática menos de 10 minutos diários, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Ouça este conteúdo:

A rotina atribulada e a falta de tempo são grandes desafios que fazem parte do cotidiano de milhões de brasileiros, mas que, por outro lado, podem se refletir em graves complicações vasculares. Por isso, a prática de exercícios físicos, sobretudo a corrida e a caminhada, devem fazer parte da nossa rotina, visando promover a correta circulação sanguínea e contribuir com nossa saúde e bem-estar de maneira geral. 

No artigo de hoje, vamos te ajudar a entender melhor os benefícios da corrida e da caminhada para sua saúde vascular e apresentar dicas para você começar a praticá-las em seu dia a dia. Vamos lá?

A importância da atividade física para nossa saúde

A prática de atividades físicas promove diversos benefícios significativos tanto para nossa saúde física quanto emocional. Quando realizados com regularidade, os exercícios contribuem para a prevenção de doenças crônicas, diabetes, obesidade, hipertensão arterial e outros problemas de saúde.

Além disso, as atividades físicas auxiliam no controle da pressão arterial, ajudam na calcificação de ossos, fortalecem os músculos e tendões e contribuem para o aumento da flexibilidade corporal.

Para além dos ganhos com a saúde física, a prática regular de atividade física pode amenizar – ou até mesmo curar – problemas emocionais, como o estresse e depressão, sobretudo em virtude do aumento de produção de serotonina, um hormônio liberado em nosso corpo durante as atividades físicas, é responsável por controlar a sensação de bem-estar e felicidade. 

Quais os benefícios para a saúde vascular?

A prática de exercícios aeróbicos, como a corrida e a caminhada, ajudam a promover o correto funcionamento do sistema circulatório e são importantes aliadas na prevenção de doenças vasculares. Mas afinal, como os exercícios físicos contribuem com a saúde vascular?

A movimentação dos membros inferiores, seja em corridas ou caminhadas, aumenta o fluxo da circulação do sangue e melhora o retorno do sangue venoso ao coração. Isso ocorre devido ao maior estímulo dos músculos, sobretudo da panturrilha, que atua como um verdadeiro coração das pernas, ajudando a transportar o sangue rico em oxigênio e nutrientes de volta ao coração. 

Por promover uma melhora na circulação, a corrida e a caminhada contribuem para fortalecer a parede dos vasos sanguíneos, ajudando a impedir a dilatação e obstrução de veias e artérias, responsáveis por desencadear o aparecimento de diversas doenças vasculares. 

Por fim, a prática da corrida e da caminhada também é um importante hábito preventivo para combater os fatores de riscos – como colesterol alto, hipertensão e diabetes – que podem favorecer o aparecimento de complicações vasculares.

Por onde começar?

Começar a praticar corrida ou caminhada exige uma grande mudança nos hábitos cotidianos. Antes de começar a praticar exercícios físicos regularmente, o ideal é procurar um profissional de saúde para avaliar suas condições de saúde e orientar sobre as melhores práticas para seu caso. 

Apesar de os exercícios contribuírem com a saúde vascular, se não forem realizados com os cuidados necessários podem acabar provocando efeitos indesejáveis, como lesões ou dores musculares. Para que isso não aconteça, trouxemos algumas dicas que vão te ajudar nessa missão: 

  • inicie com caminhadas curtas, com cerca de 15 ou 20 minutos de duração;
  • alterne os dias de praticar atividade física, evitando fazer em dias seguidos;
  • faça exercícios de alongamento e fortalecimento antes e depois das atividades;
  • procure por aplicativos que possam ajudar nos treinos.

Qual a frequência adequada para praticar corrida ou caminhada?

Segundo uma das diretrizes mais adotadas em todo mundo, imposta pelo American College of Sports Medicine (ACSM), a orientação é de que os adultos realizem atividade física com intensidade moderada por, pelo menos, 5 dias na semana. Se a atividade for de intensidade maior, como é o caso da corrida, a prática pode ocorrer por, pelo menos, 3 dias por semana.

Em complemento às diretrizes estadunidenses, a Organização Mundial da Saúde (OMS) orienta que a prática de atividades física seja realizada por um período de 150 minutos por semana, ou seja, 30 minutos diariamente no período de 5 dias, no caso de atividades moderadas, e 75 minutos por semana, isto é, 25 minutos diários no período de 3 dias, no caso de atividades com intensidade vigorosa.  

Posso praticar atividade física se já tenho uma doença vascular?

Na grande maioria dos casos, sim. Aliás, a corrida e a caminhada fazem parte do tratamento de pacientes que sofrem com algumas doenças vasculares bastante comuns,  como as varizes, ou que apresentam fatores de risco para o desenvolvimento de um problema vascular. 

Contudo, vale ressaltar que o paciente deve passar por uma consulta inicial com um especialista. Pacientes que tiveram doenças mais graves, como AVC ou aneurismas, precisam passar por um programa de reabilitação acompanhado por profissionais antes de praticar exercícios físicos.

É importante, também, promover uma mudança nos hábitos de vida de maneira geral. Aliar uma alimentação equilibrada com a prática de atividades físicas, por exemplo, pode trazer ainda mais benefícios para sua saúde vascular. 

Quer um estímulo para começar? Em nossa equipe, o Dr. Pierre Galvagni, cirurgião vascular e endovascular, pratica corrida de rua com frequência para melhorar sua saúde vascular. Siga o exemplo dele e comece hoje mesmo a mudar seus hábitos de vida!

Quer receber mais dicas e conteúdos como este? Assine nossa newsletter e receba nossas novidades exclusivas diretamente no seu e-mail. Até a próxima!

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.

Do que você precisa? Veja todos os procedimentos realizados pela Coris Vascular.

PESQUISAR