O médico angiologista é aquele profissional responsável pelo tratamento clínico de doenças que acometem os vasos sanguíneos, como artérias e veias, e também os vasos linfáticos. 

Ouça este conteúdo:

A angiologia atua juntamente com a Cirurgia Vascular, especialidade responsável pelo tratamento cirúrgico das doenças vasculares. Que tal entender melhor como atua o médico angiologista e saber fazer a escolha certa na hora de procurar ajuda médica?

A importância do médico angiologista

O médico angiologista é responsável pelo estudo, diagnóstico e acompanhamento clínico das doenças vasculares. O tratamento clínico em angiologia é fundamental para:

  • prevenção de doenças vasculares;
  • recuperação da saúde vascular;
  • indicações para alterações dos hábitos de vida, como alimentação e prática de exercícios;
  • prescrição de medicamentos.

É importante esclarecer que o atendimento clínico do médico angiologista é fundamental para que as doenças vasculares tenham um diagnóstico preciso, antes que se manifestem em estado avançado. 

Assim sendo, se for necessário, o acompanhamento é seguido de um tratamento de controle mais complexo, sob a indicação de um cirurgião vascular. Por isso, diagnosticar precocemente as doenças vasculares otimiza o tratamento e aumenta a possibilidade da eficácia na cura ou administração dessas doenças.

Quais as principais doenças tratadas pelo médico angiologista?

Na maioria das vezes, o médico angiologista é procurado para o início do tratamento das varizes, que são as veias dilatadas que prejudicam a circulação. Outras doenças também são tratadas pelo profissional, como:

  • aterosclerose: caracterizada pela grande quantidade de gordura, cálcio e outros elementos que se fixam nas paredes das artérias e complicam a irrigação de sangue no organismo;
  • vasculite: são inflamações nos vasos sanguíneos desencadeadas por diversas doenças, que manifestam como inflamação ou necrose na parede do vaso;
  • aneurisma arterial: ocasionado pela dilatação das artérias, com alto risco de ruptura;
  • trombose venosa profunda: doença relacionada à coagulação sanguínea, onde as veias profundas são obstruídas;
  • insuficiência vascular cerebral: quando um processo obstrutivo atinge vasos cerebrais e pode evoluir para complicações sérias se não tratado, como um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

O médico angiologista e o cirurgião vascular

O médico angiologista atua juntamente com ao cirurgião vascular, já que o procedimento cirúrgico será o método utilizado para o tratamento da maioria das doenças vasculares. O que o paciente precisa entender é que a união das duas especialidades é essencial para tratar as doenças vasculares. Por exemplo, após o diagnóstico e encaminhamento do angiologista, o cirurgião vascular poderá atuar nos problemas identificados de maneira cirúrgica. 

Uma visita ao angiologista é indicada para pessoas que apresentam fatores de risco para doenças vasculares, como sedentarismo, hipertensão e diabetes. Caso você se encaixe em alguma dessas condições, procure por um especialista de confiança e conte com a equipe médica da Coris Vascular para cuidar da sua saúde vascular. 

Material escrito por:
Cirurgião Vascular e Endovascular - CRM 14617 - RQE 7962

Especialista em Cirurgia Vascular (AMB/SBACV). Especialista em Angiorradiologia e Cirurgia Endovascular (AMB/SBACV/CBR) e Ecografia Vascular com Doppler (AMB - SBACV/CBR). Atua com Cirurgia Vascular e Endovascular e Ultrassonografia Vascular com Doppler e como instrutor em cursos para especialistas.   Ver Lattes

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.

Do que você precisa? Veja todos os procedimentos realizados pela Coris Vascular.

PESQUISAR