doencas-vasculares-saiba-como-afetam-seu-corpo-e-aprenda-a-prevenir-se

Varizes

O que é: são veias tortuosas e dilatadas que surgem em decorrência do acúmulo de sangue venoso nas regiões afetadas. Além do desconforto estético, as varizes podem causar dor, inchaço, queimação, coceira, dentre outros sintomas característicos. 

Tratamento: em alguns casos, o tratamento pode ser clínico – com o uso de meias elásticas e medicamentos específicos – mas geralmente, as varizes são tratadas por meio de dois procedimentos:

Escleroterapia: envolve a aplicação de um produto químico dentro da veia para obstruí-la e impedir que continue conduzindo sangue. O procedimento pode ser realizado com espuma, substância líquida ou a laser.

Cirurgia: é realizada através de pequenas incisões por onde o cirurgião irá remover as veias varicosas para que o fluxo sanguíneo ocorra somente em veias saudáveis. Trata-se de um procedimento mais complexo, comumente indicado para tratar varizes de grande calibre.

Parte do corpo afetada: membros inferiores.

Trombose Venosa Profunda

O que é: uma das doenças vasculares mais perigosas, a Trombose Venosa Profunda é caracterizada pela formação de um coágulo na parede de vasos sanguíneos, podendo bloquear ou prejudicar a circulação sanguínea na região afetada. 

Tratamento: em casos mais simples, o tratamento pode ser feito à base de medicamentos anticoagulantes ou fibrinolíticos. Caso o tratamento clínico não seja suficiente, o médico pode recomendar a realização de um procedimento cirúrgico para a remoção do coágulo.

Parte do corpo afetada: principalmente nas pernas, mas pode ocorrer em qualquer vaso sanguíneo do corpo.

Pé diabético

O que é: o pé diabético é caracterizado pelo desenvolvimento de úlceras (feridas abertas) em pacientes com diabetes não controlado. Seu aparecimento está relacionado à circulação sanguínea inadequada e a níveis de glicemia fora da faixa ideal para o nosso corpo. 

Tratamento: o tratamento consiste em combater as feridas por meio de curativos, medicamentos e cuidados especiais com os pés, como lavá-los com água morna, calçar sapatos confortáveis, etc. Além disso, é preciso realizar o controle do diabetes.

Parte do corpo afetada: pés.

Acidente Vascular Cerebral

O que é: considerada a doença que mais mata no Brasil, o Acidente Vascular Cerebral acontece quando vasos sanguíneos que transportam sangue ao cérebro entopem ou se rompem, provocando a paralisia da área cerebral devido à ausência de circulação sanguínea na região. 

Tratamento: o tratamento depende do tipo de AVC. No caso do AVC isquêmico, o tratamento é realizado  com medicamento trombolítico. Já para tratar o AVC hemorrágico é necessário realizar o controle adequado da pressão arterial e, em alguns casos, pode haver a necessidade de uma neurocirurgia.

Parte do corpo afetada: cérebro.

Aneurisma

O que é: o aneurisma ocorre em função da dilatação de alguma artéria do corpo humano e é causado devido à pressão exercida no interior da artéria. Caso haja ruptura, o paciente pode apresentar hemorragia na região afetada.

Tratamento: o tratamento do aneurisma é cirúrgico e pode ser realizado de duas formas: por meio de uma operação feita para inserir um clipe metálico na base do aneurisma e eliminar a circulação da região ou por meio da embolização endovascular, que é realizada através da inserção de um cateter até o aneurisma, onde pequenas molas cicatrizam a região.

Parte do corpo afetada: embora seja mais comum no cérebro, o aneurisma também pode afetar as artérias do coração, abdome e rins.

Doença carotídea

O que é: A doença carotídea é caracterizada pela obstrução parcial ou total da artéria carótida, que são responsáveis por transportar o sangue rico em oxigênio para o cérebro. Geralmente, o estreitamento é provocado pela presença de uma placa aterosclerótica.

Tratamento: em casos mais simples, a doença é tratada com medicamentos que ajudam a estabilizar a placa. Contudo, se o estreitamento da artéria for muito grave o tratamento é cirúrgico.

Parte do corpo afetada: artéria carótida (estende-se do coração à região cerebral).

Aterosclerose

O que é: trata-se de uma doença inflamatória crônica que provoca o estreitamento total ou parcial dos vasos sanguíneos. Isso ocorre em virtude do depósito de gordura na parede das artérias, que resulta na redução do fluxo sanguíneo para os tecidos irrigados pela artéria afetada. 

Tratamento: o tratamento da doença visa reduzir a quantidade de placas de gordura que ficam presas nas paredes das artérias e curar as lesões causadas no local. Para isso, pode ser necessária a prescrição de medicamentos ou a realização de um procedimento cirúrgico, sendo que a angioplastia o tipo de cirurgia mais realizado nestes casos.

Parte do corpo afetada: qualquer artéria do corpo.

Como prevenir doenças vasculares?

Apesar de existirem fatores genéticos para o aparecimento de doenças vasculares, muitas delas podem ser evitadas com a adoção de hábitos de vida saudáveis. Confira o que você pode fazer!

Mantenha uma alimentação equilibrada

Mudar a alimentação é um hábito que traz grandes benefícios para todo o nosso organismo. Para a saúde vascular, especificamente, manter uma dieta rica em frutas, verduras e legumes contribui para o correto fluxo sanguíneo e evita alterações nos vasos sanguíneos. Além disso, é importante reduzir o consumo de sal, já que em excesso pode aumentar a pressão arterial e danificar a parede das artérias.

Pratique exercícios físicos regularmente

A prática de exercícios físicos contribui para o fortalecimento dos vasos, evita o acúmulo de gordura e facilita o retorno do sangue para o coração. O ideal é praticar atividade física, pelo menos, três vezes na semana, priorizando exercícios aeróbicos e que exigem maior esforço dos membros inferiores.

Corte o cigarro

O cigarro é um fator de risco para diversas doenças vasculares. As substâncias presentes em sua composição são extremamente prejudiciais às paredes das artérias e podem comprometer o correto fluxo sanguíneo. Por isso, parar de fumar é um hábito que melhora a saúde vascular, além de contribuir com nosso bem-estar de maneira geral.

Controle outras doenças

Algumas doenças, como diabetes e hipertensão, afetam a saúde vascular e agravam o risco do surgimento de doenças vasculares. Portanto, manter o nível de glicemia e a pressão arterial controlados é um importante hábito preventivo que ajuda a evitar o desenvolvimento de novas doenças. 

Visite o médico periodicamente

Como muitas doenças vasculares são potencialmente graves, realizar o acompanhamento com um médico especialista é a melhor maneira de saber exatamente como está sua saúde vascular. A recomendação é fazer exames periodicamente e um check-up completo, ao menos, uma vez por ano.

Quer saber mais sobre saúde vascular? Acompanhe a Coris no Facebook, Instagram e em nosso canal do Youtube para receber nossas novidades, dicas e atualizações.

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.

Do que você precisa? Veja todos os procedimentos realizados pela Coris Vascular.

PESQUISAR