dores-nas-pernas-o-que-pode-ser

As dores nas pernas podem ser apenas uma consequência de passar muito tempo caminhando ou em pé. Mas, se o sintoma não desaparecer após um período de descanso, é preciso ligar o sinal de alerta, já que a condição pode indicar complicações mais graves que merecem uma atenção especial.

Ouça este conteúdo:

Em alguns casos, as dores nos membros inferiores podem ser ocasionadas  por problemas musculares, articulares, neurológicos, lombociatalgia, alterações no ciático, mas também podem ocorrer devido à, causas vasculares. Portanto, o paciente nunca pode descartar a possibilidade de que o sintoma esteja sendo causado por complicações no fluxo sanguíneo de seu organismo. 

Neste artigo, vamos abordar as principais causas vasculares e explicar como elas podem ocasionar dores nas pernas. Acompanhe!

Causas vasculares para as dores nas pernas

As causas vasculares que resultam em dores nas pernas estão relacionadas a problemas que prejudicam o correto fluxo sanguíneo para os membros inferiores. Elas se dividem em causas arteriais e causas venosas!

Causas arteriais

Quando a má circulação afeta as artérias, a irrigação sanguínea diminui e aumenta-se o risco de sintomas característicos, dentre eles, as dores nas pernas. A principal causa arterial é a aterosclerose – uma doença que provoca a obstrução das artérias devido à presença de placas de gorduras que se fixam nas paredes arteriais. 

Nesses casos, é comum que o paciente apresente cãibras nas pernas durante a realização de caminhadas, já que precisamos de sangue para irrigar os músculos quando estamos andando. Como a obstrução das artérias impede que o sangue chegue de maneira adequada, o paciente passa a sentir dores nas pernas.

Causas venosas

Em nosso organismo, o sistema venoso é responsável pelo retorno do sangue dos membros inferiores para o coração. Quando o sangue não consegue retornar, ocorre acúmulo nas veias das pernas e pés, podendo ocasionar dores na região. Basicamente, existem duas causas venosas que causam o sintoma: varizes e trombose venosa profunda.

Varizes

As varizes são veias dilatadas e tortuosas que se formam devido à dificuldade do sangue venoso em retornar para o coração. Como o sangue acumula-se nos membros inferiores, o paciente tende a sentir dores nas pernas, dentre outros sintomas característicos.

Trombose venosa profunda

A trombose venosa profunda é caracterizada pela formação de um coágulo sanguíneo em uma ou mais veias das pernas. O coágulo, por sua vez, bloqueia o fluxo de sangue e também pode causar dores na região. 

Existem sintomas complementares?

Quando as dores nas pernas são causadas por problemas vasculares, geralmente o sintoma vem acompanhado de outros sinais que também causam incômodo ao paciente. Para identificar se as dores realmente possuem origem vascular, é preciso ficar atento aos demais sintomas característicos que possam surgir. Os mais comuns são:

  • inchaço nos tornozelos e pés;
  • sensação de dormência;
  • formigamento ou queimação;
  • coceira;
  • presença de manchas e feridas;
  • escurecimento da pele na região.

Como prevenir as dores nas pernas?

Os problemas vasculares que causam dores nas pernas podem ser facilmente prevenidos com a adoção de hábitos de vida saudáveis. Pacientes do sexo feminino com idade avançada e histórico familiar de doenças vasculares devem redobrar os cuidados, já que fazem parte do grupo de risco e têm maiores chances de desenvolver complicações.

Veja o que você pode fazer para evitar dores nas pernas e outros sintomas causados por problemas vasculares:

  • mantenha uma dieta equilibrada;
  • procure manter o peso ideal;
  • pratique atividade física regularmente (sobretudo, exercícios que estimulam o músculo da panturrilha);
  • evite ficar sentado ou em pé na mesma posição por muito tempo;
  • faça pequenas caminhadas durante o expediente;
  • use meias de compressão (principalmente, pacientes que fazem parte do grupo de risco).

A importância da consulta médica

Como vimos, as dores nas pernas podem ser um indício de problemas graves. Ao notar os primeiros sintomas, busque ajuda médica para avaliar o seu caso. Somente um profissional especializado é capaz de realizar o correto diagnóstico e orientar sobre o melhor tratamento para cada paciente. Vale lembrar que quanto mais cedo iniciar o tratamento, menores serão os riscos de desenvolver complicações mais graves. 

Quer saber como está sua saúde vascular? Agende uma consulta conosco. Será um prazer lhe atender!

Material escrito por:
Cirurgião Vascular e Endovascular - CRM 4874 / RQE 10553

O Dr. Gilberto Galego é membro da equipe Coris Vascular. Graduou-se em Medicina pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC-1988) e concluiu o seu doutorado em Cirurgia na Universidad Autonoma de Barcelona (1992). É professor adjunto da UFSC, cirurgião vascular e endovascular e membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular. Marque a sua consulta com o Dr. Galego aqui na Coris Vascular! Fone: (48) 3322-1043 | (48) 9.8842-6181 (Whatsapp)   Ver Lattes

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.

Do que você precisa? Veja todos os procedimentos realizados pela Coris Vascular.

PESQUISAR